O Escritório

Nossos Pilares

Os clientes estão no centro de tudo que fazemos. Nosso foco está na busca de soluções técnicas que permitam decisões inteligentes, inovadoras e que apresentem resultados efetivos, o que, somente pode ser alcançado quando se vivencia o problema sob a perspectiva do cliente. Exatamente por isso, nossos profissionais sabem que se colocar no lugar do outro é fundamental para compreender suas reais necessidades a médio e longo prazo, algo indispensável para o crescimento e a prosperidade de nossos clientes.

Pedra angular em qualquer relação negocial é a transparência e a assertividade. Na relação cliente / advogado isso não é diferente. Ser transparente é dizer a verdade. É ser franco. É dimensionar precisamente a questão, nada a ela acrescendo e nada dela subtraindo.

Ser assertivo é ser claro, objetivo e preciso, evitando que o cliente fique com dúvidas acerca da dimensão do problema, ou ainda das medidas a serem adotadas. Mesma diretriz deve-se empregar com relação às instituições, na medida em que o advogado, em linhas gerais, é porta-voz do cliente e o primeiro Juiz da causa.

Proposta inovadora e nosso grande diferencial. É o não conformismo com a “Industrialização do Direito”, apresentação de “Teses Padronizadas”, ou ainda com o “Mercantilismo do Direito”.

Embora isso seja desafiador e extremamente trabalhoso, todos nossos advogados e colaboradores sabem que as questões apresentadas devem ser tratadas de forma singular, artesanal, personalizada, noutras palavras: cada caso é um caso, com suas características e peculiaridades próprias. São características desta forma de trabalho:

– Foco.

– Determinação.

– Dedicação.

– Estudo verticalizado.

– Atenção aos detalhes.

Tais premissas, necessariamente, são observadas ao longo de todo o estudo do caso apresentado, de modo a dar ênfase à qualidade acima da quantidade.

Não apenas por força de um dever legal, mas também por força de uma premissa ética e moral, adotamos uma severa política de SI (segurança de informação) com amplos e constantes investimentos neste setor, objetivando propiciar ao cliente absoluto sigilo das questões apresentadas e, assim, preservando seus respectivos valores para a organização (empresa) ou para o indivíduo.

Sócio Fundador

Nota do Fundador

Edlênio Xavier Barreto

Todos os jovens, especialmente os de origem humilde, têm um sonho. Comigo, não foi diferente. Sonhava ser advogado. Note-se: sonhava, não tinha certeza! Assim, deixei os regalos da natureza do meu estado natal, a Bahia, e segui para a “cidade grande”. São José do Rio Preto foi onde finquei raízes para seguir meu sonho de cursar a faculdade de Direito.

A faculdade daquele tempo não era muito diferente da faculdade de hoje em dia. Faculdade é faculdade, muito embora o nome não represente faculdade alguma. A despeito, no entanto, eu mantinha minha esperança, do verbo esperançar, e não do verbo esperar, como já distinguia Paulo Freire.

Da faculdade tirei duas lições: a primeira foi que eu não tinha apenas um sonho, já tinha uma certeza! A segunda foi que eu levava jeito para a coisa, tornando a faculdade, em verdade, um grande exame vocacional.

Uma vez formado, a certeza que agora tomava o coração, a alma, e qualquer outra coisa que eu pudesse ter, me deixou liberto da dúvida inerente a praticamente todos os bacharéis em Direito: nunca me perguntei se seguiria carreira jurídica ou se seria advogado. Era como se eu tivesse essa resposta há muito tempo. Trocar a segurança que a carreira jurídica poderia dar, pela incerteza da advocacia, de fato, foi algo de extrema naturalidade.

Como a grande maioria dos advogados recém-formados, fui trabalhar em um grande escritório regional, com grandes advogados e de grandes pessoas também. Ali aprendi direito o Direito e, mais que isso, tive outra revelação: não sei trabalhar para os outros, só com os outros. O motivo era lógico e intuitivo: quem ama o que faz, como eu amo, precisa estar no controle para certificar-se de que tudo será feito sempre da melhor maneira. Então eu não tinha muitas escolhas, afinal sabia o que queria e também sabia o que não queria.

Abri meu próprio escritório, o que foi uma das decisões mais acertadas da minha vida. Desde então, como uma espécie de gravidade seletiva, que não atrai qualquer coisa, mas somente as coisas boas, o escritório foi ganhando corpo e forma em todos os aspectos. Tornou-se maior que a mim mesmo, mas isso é um próximo capítulo, que será contado futuramente.

De mais, só resta agradecer: à faculdade, por ter me dado a certeza do que eu queria; às pessoas com quem trabalhei no passado, por me mostrarem o caminho; aos que estiveram e aos que estão comigo hoje, pois sem eles eu não estaria escrevendo esta singela nota; à minha família, fonte de toda e qualquer inspiração; à minha esposa, companheira de todas as horas, exemplo de mulher e de mãe, parte inseparável de mim; aos meus amados filhos, motivo maior de minha existência, e, acima de tudo a Deus, por todos os outros.

Edlênio Xavier Barreto – Sócio Fundador

Colaboradores

Advogado Associado

Paulo Alceu Coutinho da Silveira

Centro Universitário de Rio Preto – UNIRP, Brasil (Bacharelado em Direito, 2005)

Advogada Associada

Taynara Marcon

Universidade Comunitária da Região de Chapecó – UNOCHAPECÓ, Brasil (Bacharelado em Direito, 2014).

Escola do Ministério Público de Santa Catarina conjuntamente com Universidade Comunitária da Região de Chapecó – UNOCHAPECÓ, Brasil (Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Direito Penal e Processual Penal, 2016).

Escola do Ministério Público de Santa Catarina, Brasil (Curso de Preparação para Ingresso à Carreira do Ministério Público, 2017).

Administrativo

Diandra Alves da Silva

Assistente Financeira.